sábado, 22 de novembro de 2008

Teatro mágico!

Umas estórias com início, meio e fim. Outras que começam sem início. Do nada. E lá pelo meio terminam, antes mesmo de se desenrolar. Outras tantas que acabam bem, sem chegar ao fim.
Bom seria se a vida fosse um filme, com final feliz. Ah, mas que graça teria?

O ideal é o teatro. Assistir o ator se desdobrando para lembrar uma fala que deveria estar ali, na ponta da língua e se perdeu. É não é que o enredo ganhou mais vida depois do improviso?

Eu gosto de viver a vida assim. Como uma peça de teatro. Improvisando. Rindo em um momento. E no segundo seguinte chorando. E aprendendo um pouco mais.

E tirando lição de cada ato!

Obrigada por você ter aparecido. Obrigada por ter pisado aqui, no palco da minha vida!! Vivi um momento muito especial. E vou guardar sempre no coração!!!
Bom saber que ainda posso...

3 comentários:

De La Mancha disse...

Fiz teatro durante muito tempo...

O mais importante a se saber sobre o teatro é que o Ator é um mentiroso, o maior de todos, pois desperta nos outros os sentimentos que ele mesmo não sente, na maioria das vezes.

Só tome cuidado para não confundir sua vida com uma peça e acabar se tornando uma mentirosa.

nina. disse...

continuando a fala do "Mancha" rs

seu texto me lembrou uma musica do lulu santos:

"fica muito bem em cinema
romance do romance ideal
só vamo entao deixar combinado
aqui eh a vida real
nao leve o personagem pra cama
pode acabar sendo fatal"

...

mas eu entendi oq vc quis dizer
essa historia toda de viver
improvisando e coisa e tal...
n curto decorar texto tb nao :S


Beijo!

Mysterious Ways disse...

Voltei !