quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

A quem interessar possa, ou não!

Recado

Se me der um beijo, eu gosto
Se me der um tapa, eu brigo
Se me der um grito, não calo
Se mandar calar, mais eu falo

Mas se me der a mão, claro, aperto
Se for franco, direto e aberto
Tô contigo amigo e não abro
Vamos ver o diabo de perto


Mas preste bem atenção, seu moço
Não engulo da fruta, o caroço
Minha vida é tutano, é osso
Liberdade virou prisão


Se é amor, deu e recebeu
Se é suor, só o meu e o teu
Verbo eu pra mim já morreu
Quem mandava em mim nem nasceu

(2x)
É viver e aprender
Vá viver e entender, malandro
Vai compreender
Vá tratar de viver

E se tentar me tolher é igual
Ao fulano de tal que taí
Se é pra ir vamos juntos
Se não é já não tô nem aqui

Gonzaguinha

5 comentários:

Gaby Almeida disse...

muito legal...
não conhecia...

Mysterious Ways disse...

That's it !

:)

bijuca e bom final de semana pro'ce !

Mysterious

Mr. J. / Mr. D. disse...

Se nem é, nem é então.

E tem dito bem.

bjo

Vanessa disse...

Vou roubar alguns desses trechos pra deixar aqui no pc...

grande Gonzaguinha...

A Better MAN disse...

ô café...

um tapinha não dói
briga não que é de amor.

hahhaha