domingo, 24 de maio de 2009

da saudade que eu sinto

Há dois anos você disse tchau, mas quis dizer adeus.
Lembro do sorriso de canto, todo tímido, dizia bom dia, parecia dizer com o olhar que estava feliz.
É essa a lembrança que guardarei para sempre...


Eu sei que determinada rua que eu já passei
Não tornará a ouvir o som dos meus passos.
Tem uma revista que eu guardo há muitos anos
E que nunca mais eu vou abrir.
Cada vez que eu me despeço de uma pessoa
Pode ser que essa pessoa esteja me vendo pela última vez
A morte, surda, caminha ao meu lado
E eu não sei em que esquina ela vai me beijar



Este não é um post de tristeza, é um post de lembrança!!

7 comentários:

Dani Antunes disse...

Eu tenho sentido saudade tb... Muita.

Mosana disse...

lembranças são boas qnd não são tristes.
kisses

.Intense. disse...

e, muito bonito por sinal.
quisera eu saber sobre quem vc escreve...mas pensando nisso, me perguntei e te pergunto: qdo as lembranças são boas, faz diferença quem são os protagonistas?

te beijo, Menina Cafeína [que anima meus dias!]
;*

candy disse...

ainnn...
me lembrei de um selinho que foi dado há quase 7 anos e que eu não sabia que era o último.
Oh!

:*

Vanessa M. disse...

Que seja bem vindas as lembranças, que o que me prarece, não são tristes.

Beijo

[ rod ] disse...

E lembranças, moça, podem sim ser um tanto tristes. É a sensação do antes vivido que ou nos impulsiona ou para sempre nos aprisiona.

Bjs e lindas palavras,






Novo dogMa:
sAnto...


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

Mysterious Ways disse...

guria, o jeito é dar uma de " fria " e insensível e tocar o barco.

:P

kisses
missing you