sexta-feira, 24 de abril de 2009

A falta que a ausência faz!

O medo que eu sempre tive continua aqui, guardado. Deu tréguas por um tempo, mas esteve ali o tempo todo. Não baixar guarda, não deixar acontecer de novo, tudo outra vez. Juro que eu tentei, juro que fiz diferente. Juro que tentei o quanto eu pude.
Não tem espaço para arrependimento aqui não. Fiz e faria de novo, igualzinho. Só para sentir o frio na barriga.
De tudo na vida, a gente tira uma lição. Nada acontece por conta do acaso.

E eu vou tentar de novo. Posso cair, arranhar os joelhos. Mas eu levanto. Sacudo e ando para a frente. Marcha ré não dá, já passou.


Essa semana eu estive com uma pessoa importante: eu mesma. Me tranquei, quis conversar comigo e entender sentimentos e atitudes. Eu ainda preciso aprender muito da vida. E vou abrir coração e mente para aproveitar tudo!

5 comentários:

Gaby Almeida disse...

o medo q as coisas não dê certo é imoral... acho que esse medo ja tomou conta de mim, não consigo mergulhar de cabeça em nada...

.Intense. disse...

Achei esse post triste e com uma pontada de angústia. Uma tristezinha que ainda anda passeando pelo coraçãozinho aí, quem sabe? Eu apoio (dou colo e incentivo) pra vc sarar de tudo que possa machucar, ou ter machucado e...olha? dar a cara a tapa de novo.

;*

Dri Viaro disse...

passei pra conhecer o blog, bjs boa semana

Three Love´s disse...

"E vou abrir coração e mente para aproveitar tudo!"


...e que as alegrias e tristezas, as montanhas e os vales, as canções e o silêncio, as multidões e a solitude; que tudo isso e tudo o mais encham seus olhos de luz e de renovada inspiração!

b.e.i.j.o.s.

Mysterious Ways disse...

me conte tudo.