sexta-feira, 17 de abril de 2009

FELIZ DIA DA AMIZADE!!!!

A Lista
Oswaldo Montenegro


Faça uma lista de grandes amigos
Quem você mais via há dez anos atrás
Há dez anos atrás, eu via muitos amigos, todos os dias, na farra, na baderna. e muitos também na tristeza. Mas via muitos, todos os dias.

Quantos você ainda vê todo dia
Hoje em dia eu falo com meia dúzia, todos os dias. Mas ver mesmo só aos fins de semana, são meia dúzia de amigos fiéis, que me acompanham nas bebedeiras, nas alegrias, nas tristezas.

Quantos você já não encontra mais...
Muitos, muitos mesmo. A distância separou. Primeiro mudança de bairro, alguns de cidade, outros de país,e uma boa quantia quem separou foi o estado civil. Sinto falta, e sei que eles sentem, mas trago no peito sempre, e não esqueço.

Faça uma lista dos sonhos que tinha
Sonho de estar morando em uma casa só minha, que eu pudesse fazer do meu jeito, sonho de rodar o mundo, de conhecer tudo.

Quantos você desistiu de sonhar!
Desistir? Nada!! Eu ainda chego lá!

Quantos amores jurados pra sempre
Um só. Eterno.

Quantos você conseguiu preservar...
No meu peito ele continua aqui, podem passar mais dez anos. Posso me apaixonar por outras pessoas, mas o amor, esse que todo mundo tem um só na vida, vou levar pra sempre.

Onde você ainda se reconhece
Me reconheço no meu jeito de ser, não mudei quase nada.


Na foto passada ou no espelho de agora?
Sempre acreditei nas pessoas, mesmo me machucando. Sempre me dei por inteira, mesmo me machucando. Nada disso modifica a minha essência. Eu sou uma pessoa feliz.

Hoje é do jeito que achou que seria
Sou exatamente do jeito que achei que seria. É claro, um pouquinho mais pesada. :)

Quantos amigos você jogou fora?
Nunca disperdicei amizade. As que foram embora, que eu perdi, não eram de verdade!

Quantos mistérios que você sondava
Nunca entendi o por que de uma pessoa se satisfazer ou ser feliz sabendo que causa sofrimento a outra. Seja magoando, seja se afastando, pra quê?

Quantos você conseguiu entender?
Não consigo entender.

Quantos segredos que você guardava
Que eu sonhava em ser aeromoça, nunca contei pra ninguém. Que eu queria ser cantora de uma banda bem famosa. Que eu queria voar na nave da Xuxa.

Hoje são bobos ninguém quer saber?
Bobos, de dar risada hoje.

Quantas mentiras você condenava?
Não entendia ter que mentir pro chefe pra faltar ao trabalho, não entendia ter que mentir para beber na porta da faculdade, não entendia mentir a idade na balada.

Quantas você teve que cometer?
Capitalismo maldito que nos faz ficar doentes para emendar um feriado, aula chata que nos obriga a ficar lá fora batendo papo e bebendo, dizer ao meninho de 22 anos que tenho 25...só pra não assustar. Só mentirinha que não faz mal a ninguém.

Quantos defeitos sanados com o tempo
A porralouquice, o não dar satisfação e nem ligar para avisar de nada, a facilidade que eu tinha para engolir a palavra não, o desapego total.

Eram o melhor que havia em você?
Era mais fácil viver antes, eu chorava menos.

Quantas canções que você não cantava
Putz, como eu odiava ouvir Roberto Carlos

Hoje assobia pra sobreviver?
Hoje em dia, uma canção dele, ou várias me levam de volta pra um tempo delicioso.

Quantas pessoas que você amava
Meia dúzia.

Hoje acredita que amam você?
Amor de verdade? A mesma meia dúzia.
Isso tudo é pra dizer que sim, sou feliz com as amizades que tenho. E que todas as que eu sei que ainda vão aparecer no caminho. Família, nós amamos, são nossa base. Mas os amigos, são escolhidos, nos escolhem. E deixamos eles ficarem se nos fazem bem mandaos embora, se não nos servem. Os amores passam, deixam marcas, mas passam. A aamizade é uma jóia, pode até perder o brilho, mas basta uma lapidação e pronto!


6 comentários:

Patricia Daltro disse...

Infelizmente, não posso dizer o mesmo. Ao longo do caminho, muito por escolha própria, fui perdendo amigos. Outros vencidos pela distância...

Vanessa M. disse...

Sabe, muita coisa da lista eu fui esquecendo.
Mas de todos, o que realmente prevalece até hoje são os sonhos, ainda luto por eles.

=**

Gaby Almeida disse...

Otimo o post... é triste dizer, mas hj parando pra analizar, não tenho amigos, ninguem me liga, ninguem dxa recdo no orkut, não saio com ninguem... fico aqui mendigando um pouoc de atenção de alguem? não sei o q aconteceu comigo...

.Intense. disse...

Adorei o post - mesmo estando confusa até hoje, não sei se confio em vc no ou Wikipédia (isso é q é amiga, ahuahuahauha...)

Ri de algumas partes, deu vontade de chorar em outras. Lembrei de qdo vc me contou da história das músicas do Roberto Carlos (minha rockeira de meia tigela)...e ri da parte de mentir a idade na balada.rs

E fiquei feliz, de ser sua amiga hoje, não sei por quanto tempo - mas sei q independente disso, vou levar mta coisa de vc no coração. E vice-versa.

;)

Candy disse...

Passo por um caminho bem parecido.
Cada um indo pro seu lado e agora com o final da faculdade, é que vamos vendo cada um trilhando seu caminho.
Os amigos verdadeiros permanecem sim. Pode ser que nao nos vejamos mais todos os dias, mas só de sabermos que existem e que podemos contar com eles, já pode-se dizer que nada foi em vão.

Ouvi flar em beber na porta da faculdade?
adoooorava!
:D

beeeeijo, cafeinaaa

nanda disse...

Bom de uns tempos pra cá, consegui conquistarmais amizades e estou feliz por isso!!!!!!!