sábado, 20 de dezembro de 2008

Madonna!


Claro que quando uma coisa é pra rolar, rola, não tem jeito! E quando tem um bando de gente alto astral envolvida, sai perfeitinho.
PERFEIÇÃO é a palavra mais próxima que tenho para definir o show da puta véia. Uma energia inebriante, quase um orgasmo ouvir os sons, assistir as performances.
A mulher manda muito bem, e seu público é de uma alegria ímpar. Eu não sou fã incondicional do gênero que ela toca ultimamente, mas não tem como negar que deu pra arrepiar a cada música.
Desde a abertura do DJ,mandando sons que agitaram a galera já cansada de esperar., até as luzes acenderem os M`s gigantescos e os fãs delirarem.

Candy Shop,Beat Goes On, Human Nature, que eu queria tanto ouvir...

A cada acorde, uma loira incansável, que pula, dança, e corre o tempo todo, um pique invejável. Até corda ela pulou!!!!

Vogue, o vídeo de Die Another Day, agitando, fazendo a galera cantar junto.

Into The Groove, Heartbeat, Borderline,She's Not Me, agitando demais...
Outro vídeo, pra alucinar Rain/Here Comes The Rain Again . E a galera cantando e pulando. Nesse momento eu e minha companheira Abduzida já estávamos inebriadas, muito contentes.
Devil Wouldn't Recognize You, do Cd novo e já na ponta da lingua do povo.

Um dos pontos altos do show, para mim foi a parte caliente. Spanish Lesson, Miles Away, que eu acho muito gostosinha, La Isla Bonita, uma delicia de son, seguida de usn sons que ela ficou só curtindo os músicos, You Must Love Me, linda, linda, linda...
Na sequência, imagens fortes no telão e Get Stupid, com Obama no telão "Yes, we can!!!!"
4 Minutes, para delirio das fanzocas de Justin, por causa Like a Prayer, eu tô sentindo dor nas pernas até agora, e Ray of Light, uma Madonna metaleira pra caralho...rsrsrs

Ver uma super estrela se render a um pedido de um fã, que claro, deveria saber que ela já ahavia dito que não cantaria Like a Virgen, fez com que quase 70 mil pessoas a acompanhassem numa canção que embalou muitos adolescentes nos anos 80. E ver o esforço que a moça fez para falar MÁRCIO, que acabou saindo lindinho demias, fofa, como eu nunca havia visto.

E pra finalizar Hang Up e Give it to me, para arrebentar as pernas de tanto dançar. Uma baladinha como há muito tempo eu não ia.
Claro, muitos pontos baixos. Cerveja, Sol, por cinco mangos, minha máquina deu pt, pq eu sentei em cima, mas nada tirou o brilho da noite.
Uma noite em que uma estrela, ovacionou São Paulo, dava pra ver que ela estava feliz ali, sem chuva, sem tombos.
Quem sabe um dia os produtores FDP valorizem mais os fãs, e não cometam tantos assaltos qdo forem vender ingressos!!!

AHHHHHHHHHHHHH, não posso esquecer do suíço e do boliviano(peruano?), tão smpáticos, do Gaúcho que empolgou a galera...ai, esse pos vaio ficar gigante, tanto quanto a energia do show, que tamanha foi que me fez ficar acordada até as 6 da manhã, dormir um pouquinho e ir trampar numa sexta feira, feliz, feliz!!!!

4 comentários:

Vanessa disse...

hahahaha
êtaa que essa festa foi "bagacera"

Imagino o potencial da loirona na casa dos 50 =D

.Intense. disse...

E com certeza o jeito mais gostoso de contar esse show, foi o seu - e olha que ainda nem li os outros blogs e sei que um monte de gente vai estar falando do mesmo assunto. Sabe pq? ENERGIA PURA, mulher!

Bom saber que valeu a pena e que vc se divertiu...épocas de baladas pra meninas blogueiras.rs Agora, como assim vc sentou em cima da sua câmera?

oO

;*
beijo intenso e saudade!

.Intense. disse...

Que micareteira o quê, sô.
Meu negócio mesmo é rockzinho e música eletrônica, house. Mas eu faço qualquer negócio pra me divertir, ahuahauauh...e ouvi aquela música, acredite, no site do Se Mata, há teeeeeempos atrás.

Vou ignorar que vc me chamou de ignorante musical agora.

¬¬

Jr L disse...

Feliz Natal. Tudo de ótimo pra você.

Beijos :-)