domingo, 21 de fevereiro de 2010

Maracatu Atômico

Praia de paulistano é a Paulista, todo mundo já conhece esta frase. Paulistano trabalha demais, todo mundo sabe também. E muitas vezes não dá tempo de aproveitar o fim-de-semana(tá na regra?), com tanta correria, tanto trabalho.
Ontem eu fui gentilmente escolhida para fazer um plantão lá no trabalho. E perdi uma viagem pra praia, que o povo estava combinando. Cinco da tarde, o celular toca. Meu primo chamando pra ver uma exposição que estava rolando la no Itau Cltural , entrada franca. Vambora! Respondi sem titubear. E foi muito gostoso o passeio, bom demais esse lado aqui de Sampa, esse lance de a cidade respirar cultura, custando tão pouco, muitas vezes, pra se divertir.
Começamos com um barzinho com mesa na calçada às margens da mais movimentada das avenidas do mundo, muita gente bonita, risadas, conversa boa, caipirinha gelada. E um figura, entre tantos que passam por Sampa, tocando um sax, feito de resina, artesanal, muito talentoso, o cara. Gibran Santos

A exposição sobre Chico Science, um cara que revolucionou e chacoalhou o cenario musical de Olinda, e mostrou a manguetown para o mundo. Fotos, objetos pessoais, painés cheios dos escritos, de credenciais dos shows.

Pra esticar, uma passadinha no SESC Paulista, que para quem não conhece, não sabe o que está perdendo. É um ambiente super descolado, cheio de mostras de filmes alternativos, peças de teatro. Ah, e tem a comedoria...que fica no 15º andar do predio, uma vista privilegiadísima da metrópole, eles disponibilizam até lunetas, pra vc ver bem de pertinho toda a agitação de Sampa.

Vale a pena descobrir esses passeios na cidade. Você pode conhecer gente bacana, dar risada, aproveitar, se divertir curtir a vida.

E como ontem tínhamos uma horinha a mais pra diversão, esticamos a noite, num barzinho, no bairro de Santa Cecília, muita movimentação, até de madrugada.

É isso, não tem desculpa de ficar em casa. Bora  badalar!!

AHHHHHHHHHHHHHH já ia me esquecendo de contar do sorvete de yogurte  que vendo lá na comedoria (nome moderninho!!), delicioso!!!
As fotos eu posto depois, pq deixei minha máquina na mochila do primo, e como a maioria foi tirada a noite, nem sei como sairiam.

updateando: O INSTRUMENTO

MEMÓRIAS


PAULICÉIA

3 comentários:

Michele disse...

Eu adoro SP! Moro no ABC e um passeio bom pra mim é na Paulista! Você se diverte com as diversas "opções culturais" que a cidade oferece, tem ótimo lugares para se comer bem e ainda vê um monte de gente diferente, bonita, pra todos os gostos! Vira e mexe nos esticamos até lá!

Bom post! Dicas muito legais!

Um beijo!

Y a s h a disse...

Quando vi o "Maracatu Atômico" não me lembrei de outra coisa que não fosse o Chico Science, o Nação Zumbi, e as ladeiras de Olinda. Tenho que te falar que sou Fanática pela história dele e por tudo que ele deixou aqui, e adoraria ter visto essa exposição.

Adorei o "Vambora! Respondi sem titubear.". Isso é bem o jeito Yasha de ser. haha.

Beijo, moça. :*

Dani Antunes disse...

Não adianta. Fala em Maracatu Atômico e eu lembro da vinheta do VH1! hahahahah